PUBLICIDADE
[ X FECHAR ]
A RÁDIO A EQUIPE PROGRAMAÇÃO CONTATO SAC
PESQUISAR
A SERVIÇO DA REGIÃO
LIGUE: 54 3344.1185 : 54 9 8434.6762 ACESSOS DESDE 2009: 43.573.205
ERECHIM
POLÍCIA
28/10/2017 13h59
Erechim registra seis homicídios de menores em um ano
Cresce número de adolescentes vítimas de homicídio
 
1.194 visualizações
(Foto: Reprodução/Facebook)

A presença de adolescentes nas ocorrências policiais já não é novidade. Muitos são corrompidos por criminosos para assumir a autoria de delitos e assim ficarem com a sensação de impunidade.

Mas, as estatísticas tem mostrado que os adolescentes estão nas duas faces da moeda chamada criminalidade, como autores e como vítimas.

Desde 2016 a presença de adolescentes, principalmente com idade entre 15 e 16 anos, tem sido mais frequente na lista de mortes violentas em Erechim.

O caso mais recente, da menina Janaina Guimarães Fagundes (foto), de 16 anos, que morreu na noite de quinta-feira, um dia depois de ser atingida por um tiro na cabeça dentro de casa, se incorpora a uma lista de adolescentes mortos de forma violenta em Erechim.

Desde 2016, esse foi o sexto caso em que um adolescente é vítima de homicídio, sendo que destes, cinco casos aconteceram no período de apenas um ano. Na maioria dos casos, as vítimas tem alguma passagem pela polícia. Outra situação em comum é que quase todos se conheciam, uma vez que a maior parte delas residia no Bairro Cristo Rei.Em todos os casos anteriores à morte de Janaína, a polícia indiciou e localizou os suspeitos.

No dia 10 de janeiro de 2016, Alessandro Rafael dos Santos, de 17 anos, foi morto com um tiro na cabeça quando retornava de uma festa em uma van. Um desentendimento banal com dois outros jovens, de 16 e 17 anos, acabou na morte do adolescente. Um dos suspeitos era foragido da Fase, desde dezembro de 2015. Ele estava cumprindo medida socioeducativa por envolvimento na morte de Arios Miotto, morto em abril de 2014. O outro adolescente de 16 anos, suspeito de ter efetuado o disparo contra Alessandro, também possuía passagens pela polícia.

No dia 21 de outubro de 2016 Anderson Padilha, de apenas 15 anos, foi morto no bairro Cristo Rei em Erechim. Na ocasião, a vítima foi atingida por quatro tiros e uma facada, foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo no hospital.

Em 28 de dezembro de 2016 Denner Eduardo Machado, de 16 anos, morreu no Hospital Santa Terezinha depois de levar um tiro. O crime aconteceu no início da madrugada no bairro Cristo Rei, quando vários homens em um automóvel fizeram inúmeros disparos contra a casa onde o menor estava e um dos disparos acabou atingindo o adolescente, que segundo a Brigada Militar tinha passagens policiais como menor infrator.

No dia 10 de junho deste ano Edivelton Gustavo dos Santos Pacheco, de 16 anos, foi morto ao tentar assaltar um supermercado naquela manhã de sábado na Avenida Caldas Junior, bairro Boa Vista. Segundo apurado pela polícia ele entrou no estabelecimento com uma arma de brinquedo e anunciou o assalto pegando cerca de R$ 250,00. Edivelton acabou surpreendido por um senhor idoso e funcionários do supermercado que reagiram e o adolescente acabou morto no interior do estabelecimento. Ele tinha passagens policiais por roubos e ainda era suspeito de praticar outros assaltos em Erechim.

Exatamente um mês depois, em 10 de julho, Lucas Anderson Ramos dos Santos, também de 16 anos, foi morto com um tiro no rosto no interior da casa onde residia com a irmã e o cunhado, na Rua Santa Beatriz, bairro Cristo Rei.Segundo apurado pela polícia na época, o motivo do crime seria uma discussão a respeito da divisão de valores obtidos com a venda de drogas realizada no local. O suspeito foi preso em flagrante pela polícia.

Fonte: Atmosfera Online

PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
REGIÃO
GERAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDITORIAIS   CIDADES   DIVISÕES     INSTITUCIONAL
     
Copyrigth 2013 © Todos os direitos reservados - RÁDIO TAPEJARA AM 1530. contato@radiotapejara.com.br Desenvolvido por: