PUBLICIDADE
[ X FECHAR ]
A RÁDIO A EQUIPE PROGRAMAÇÃO CONTATO SAC
PESQUISAR
A SERVIÇO DA REGIÃO
LIGUE: 54 3344.1185 : 54 9 8434.6762 ACESSOS DESDE 2009: 43.786.055
JUSTIÇA
JUSTIÇA
07/10/2017 07h45
Clientes lesados por Maurício Dal Agnol criam associação
 
466 visualizações
(Foto: Divulgação)

Foi criada uma associação de vítimas do advogado Maurício Dal Agnol, acusado de dar um golpe milionário em pelo menos 30 mil pessoas no Rio Grande do Sul. O principal objetivo é agilizar a indenização das vítimas. A iniciativa é de um grupo de advogados. Mais de 1 mil ex-clientes já buscaram ressarcimento que chega a R$ 173 milhões apropriados irregularmente por Dal Agnol.

"Nós queremos efetivar o direito dessas pessoas de receber o que é de direito delas, e que elas já deveriam ter recebido há cinco, dez anos", diz a presidente da associação, Ana Carolina Reschke.

A Polícia Federal prendeu Maurício Dlagnol em setembro de 2014, em Passo Fundo. Cinco meses depois, ele conseguiu um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), e foi libertado. O advogado é acusado pelo Ministério Público de ter ficado com o dinheiro dos clientes, em ações movidas contra a extinta Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT).

Uma das vítimas, um homem de 73 anos, conta que deveria receber quase R$ 170 mil, mas ganhou menos de 40% do que tinha direito. "Jamais eu suspeitei que fosse cair em uma armadilha", relatou.

O andamento de processos da área criminal, que cobram indenização de Dal Agnol, está suspenso em caráter liminar pelo STF. A defesa do advogado questionou a competência de dois juízes que atuaram a condução dos processos.

Para a presidente da associação, os crimes cometidos pelo advogado são uma "mini-Lava Jato". "Praticada por um homem só, e que movimentou em suas contas pessoais R$ 2,8 bilhões", afirma Ana Carolina.

A defesa de Maurício Dal Agnol diz que o surgimento da associação não vai mudar o andamento dos processos. Até a noite desta sexta-feira (6), o advogado só foi intimado em 72 processos, que se referiam a um acordo firmado com a Brasil Telecom, que comprou a CRT.

Fonte:

G1

PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
REGIÃO
GERAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDITORIAIS   CIDADES   DIVISÕES     INSTITUCIONAL
     
Copyrigth 2013 © Todos os direitos reservados - RÁDIO TAPEJARA AM 1530. contato@radiotapejara.com.br Desenvolvido por: