PUBLICIDADE
[ X FECHAR ]
A RÁDIO A EQUIPE PROGRAMAÇÃO CONTATO SAC
PESQUISAR
A SERVIÇO DA REGIÃO
LIGUE: 54 3344.1185 : 54 9 8434.6762 ACESSOS DESDE 2009: 38.869.000
MUNDO
MUNDO
23/03/2016 11h30 - Atualizado em 23/03/2016 13h25
Tapejarense fala de Bruxelas sobre os atentados terroristas
Daniela Coronetti Panisson concedeu entrevista exclusiva.
 
4.280 visualizações
Daniela, Edivan e Matheus estão residindo em Bruxelas há 1 anos e 2 meses. (Foto: Arquivo Pessoal)

Em vários países da Europa a segurança está reforçada. Policiais patrulham de forma ostensiva as fronteiras e os serviços de transporte.

Com seus maiores monumentos iluminados com as cores da bandeira da Bélgica, a Europa acerta as contas com os atentados de Bruxelas. O que mais preocupa os europeus é que antes dos ataques de terça-feira (22), a capital belga estava blindada e mesmo assim sofreu duas grandes agressões com consequências trágicas.

Londres, Paris e Frankfurt reforçam o número de policiais em patrulha nos seus aeroportos e em outros terminais de transportes. O aeroporto de Bruxelas anunciou que vai continuar fechado nesta quarta-feira (23).

Uma tapejarense está residindo em Bruxelas, na Bélgica. Daniela Coronetti Panisson, está com o marido e o filho morando em Bruxelas há 1 ano e dois meses.

Seu esposo Edivan Panisson é natural de Ibiaçá e é diretor de compras da INBEV (fábrica de cervejas - aqui no Brasil é AMBEV). Seu filho Matheus, tem 7 anos e já frequenta a escola naquele país.

A reportagem da Rádio Tapejara conversou com exclusividade na manhã de hoje com Daniela. Ela falou que estava em casa no momento dos atentados, mas como é longe não ouviu o barulho. Seu marido já estava no trabalho e seu filho na escola.

Revelou que ficou sabendo por telefone e começou a acompanhar pela TV.

Disse que depois das explosões tudo começou a ser fechado: escolas, transporte e comércio. O alerta de segurança é máximo no país.

Segundo ela, hoje já está tudo normalizado, mas a recomendação da polícia é que se evite locais públicos.

" O Sentimento é de tristeza. As Bandeiras estão hasteadas a meio mastro e colocadas nas janelas das casas", diz Daniela.

Jornalismo

Rádio Tapejara

PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
REGIÃO
GERAIS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDITORIAIS   CIDADES   DIVISÕES     INSTITUCIONAL
     
Copyrigth 2013 © Todos os direitos reservados - RÁDIO TAPEJARA AM 1530. contato@radiotapejara.com.br Desenvolvido por: